BRASILEIRÃO SÉRIE A

0
51

Campeonato Brasileiro de Futebol, também conhecido como Campeonato BrasileiroBrasileirão e Série A, é a liga brasileira de futebol profissional entre clubes do Brasil, sendo a principal competição futebolística no país. É por meio dela que são indicados os representantes brasileiros para a Copa Libertadores da América (juntamente com o campeão da Copa do Brasil).

Devido às peculiaridades históricas e a grande dimensão geográfica do país, o Brasil tem uma história relativamente curta de competições nacionais de futebol. Apenas em 1959, como estabelecido em 1955,[3][4][5] a CBD (Confederação Brasileira de Desportos, entidade responsável pelo futebol nacional na época e precursora da atual CBF) cria um torneio nacional, a Taça Brasil.[4] Em 1967, o Torneio Rio-São Paulo foi expandido para incluir equipes de outros estados, ficando conhecido como Torneio Roberto Gomes Pedrosa, e passando a ser considerado uma competição nacional. Em 1971, a CBD iniciou um novo torneio nacional, o Campeonato Nacional de Clubes, torneio este, que foi considerado, entre 1976 e 2010, pela entidade máxima do futebol brasileiro como sendo a primeira edição do Campeonato Brasileiro. Em seus boletins oficiais entre 1971[6] e 1975, a CBD colocava as edições do Torneio Roberto Gomes Pedrosa/Taça de Prata[nota 1] em igualdade de condições com as edições posteriores do Campeonato Brasileiro,[7][8][9][10][11][12] apenas mantendo os nomes próprios, excluindo esta informação a partir do boletim de 1976. O primeiro Campeonato Brasileiro oficialmente com esse nome foi realizado em 1989.[2] Em dezembro de 2010, a CBF unificou a Taça Brasil, disputada de 1959 a 1968, e as edições de 1967 a 1970 do Torneio Roberto Gomes Pedrosa/Taça de Prata ao Campeonato Brasileiro pós-1971.[13][14][15] O primeiro campeão brasileiro foi o Bahia em 1959.[16]

Uma das características históricas do Campeonato Brasileiro foi a falta de uma padronização no sistema de disputa, que mudava a cada ano, assim como as regras e o número de participantes. Dentre os vários formatos já adotados incluem-se sistema eliminatório (1959-1968) e sistemas mistos de grupos (1967-2002). A fórmula de disputa do campeonato foi padronizada somente em 2003, quando foi adotado o sistema de pontos corridos com todas as equipes se enfrentando em turno e returno.[17] O Palmeiras é o time com maior número de títulos brasileiros, com dez conquistas;[18] desde a criação do certame, em 1959, dezessete clubes já foram campeões brasileiros, doze por mais de uma vez, de sete estados e nove cidades diferentes, sendo que apenas o estado de São Paulo teve campeão por mais de uma cidade, três no total (CampinasSantos e São Paulo), e apenas a cidade do Rio de Janeiro teve mais de três clubes campeões, quatro deles (BotafogoFlamengoFluminense e Vasco da Gama), características estas que demonstram o nível de competitividade do campeonato.[19][20]

O Campeonato Brasileiro é uma das ligas mais fortes do mundo, contando entre seus integrantes habituais com a participação do maior número de clubes detentores de títulos de “campeões mundiais”, com onze campeonatos ganhos por 7 clubes,[21] o segundo em termos de quantidade de títulos da Copa Libertadores da América, com dezoito títulos conquistados por 10 clubes e ainda outros 3 finalistas, atrás em títulos apenas da Primera División Argentina, com 25 títulos conquistados por 8 clubes e um nono clube finalista.

A Série A também é classificada como a sexta mais valiosa com um patrimônio de mais de US$ 1,43 bilhão, sendo um dos campeonatos mais ricos, com um volume de negócios anual de mais de US$ 1,17 bilhão em 2012. O Campeonato Brasileiro é o torneio de futebol mais visto no continente americano e um dos mais expostos internacionalmente, transmitido em 155 países, tendo sido classificado no top 10 como uma das ligas mais fortes do mundo (para o período 2001-2012) pela Federação Internacional de História e Estatísticas do Futebol (IFFHS), ficando na quarta colocação, atrás apenas da Premier League (Inglaterra), La Liga (Espanha) e Serie A (Itália).[22] O Brasileirão é a competição de futebol preferida dos brasileiros (51%), pelo equilíbrio e imprevisibilidade, bem a frente da Copa Libertadores da América (22,3%), a segunda colocada na preferência popular.[23]

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here